Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 27 de novembro de 2011


LIÇÃO 9 – HABACUQUE, O PROFETA DA FÉ

Texto Bíblico: Habacuque  1-3.

O curto livro desse profeta é diligentemente composto. Começa com um diálogo entre Deus e o profeta, deixando o livro dividido da seguinte forma:

  • A justiça divina: Deus castigará mesmo o ímpio? – para as duas questões há resposta de Deus;
  • Ameaças contra a nação opressora (os caldeus) – é desprendido cinco “ais” contra o opressor;
  • Oração de Habacuque – após compreender a soberania de Deus sobre o tempo e a história humana, o profeta intercede pela humanidade e louva a Deus por sua fidelidade para com seu povo.

Ao ler o livro de Habacuque podemos ver distintamente as fases emocionais do profeta:

  • Luta e dúvida
  • Reconhecimento da Soberania de Deus
  • Esperança no cuidar fiel de Deus para com os seus

Com Habacuque aprendemos que Deus quer que nos acheguemos a ELE com súplicas, por nossas lutas e dúvidas, porém devemos crer em Seu cuidar e conscientizar-nos de que em Sua Soberania ELE fará o lhe apraz, ou seja, nem sempre sua resposta será da forma que esperamos. Devemos confiar em Seus sábio cuidar. ELE nos sustenta e em meio as adversidades se revela a nós. A confiança NELE nos leva a uma esperança tranqüila, não é uma resignação amarga, é uma esperança tranqüila reconhecendo que estamos nas Mãos do Deus Altíssimo, que Tudo pode fazer e Seu amor para conosco é inenarrável em grandeza e misericórdia.

Objetivo
Ensinar aos alunos que mesmo quando não compreendemos as ações de Deus, o melhor é confiarmos Nele assim como Habacuque fez.

Exercitando a memória
“Eis que a sua alma se incha,não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá.” (Hb 2.4 ).

Deus responde a Habacuque que o rei babilônico apesar de estar cheio de soberba, lá no fundo de seu ser há insegurança, pois somente em Deus é que o ser humano se completa. Os maus podem fazer o que desejarem seus corações maldosos, mas o justo sempre será livrado de suas tramas. Deus é o guardador fiel de todos os que NELE esperam

Crescendo no conhecimento
Crianças, hoje iremos conhecer o profeta Habacuque. Ele viveu em período muito triste e turbulento da história. Dias de invasão da Babilônia em várias nações.

Quando o Império babilônico começou a se expandir, foi conquistando novos territórios. Aproximadamente no ano de 605 a. C. o rei Nabucodonozor ao vencer a batalha de Carquemis viu que conseguia ter todo o Oriente Médio em suas mãos, e assim, uma a uma as nações foram sendo vencidas pelo exército da Babilônia.

O profeta Habacuque vivia em Judá, e em seu dia a dia ele presenciava as pessoas cada vez mais distantes de Deus. O povo de Israel sempre foi ensinado na Torah (instrução de Deus para seu povo praticar), mas não viviam mais essas instruções, crescia dia a dia a violência de uns para com os outros. Os ricos oprimindo os pobres. Pessoas boas sendo maltratadas, e os profetas que anunciavam a Palavra de Deus eram desprezados.

Assim enquanto o rei Nabucodonozor avança sobre o Oriente Médio, Habacuque vê-se em angustia por ver o povo de Deus em desenfreada apostasia (abandono da prática da fé). E em meio as suas aflições ele pergunta ao SENHOR:
__ Ó SENHOR Deus, até quando clamarei pedindo ajuda, e tu não me atenderás? Até quando gritarei: “Violência!”, e tu não nos salvarás? Por que me fazes ver tanta maldade? Por que toleras a injustiça? Estou cercado de destruição e violência; há brigas e lutas por toda parte. Por isso, ninguém obedece à lei, e a justiça nunca vence. Os maus levam vantagem sobre os bons, e a justiça é torcida.

Habacuque estava cansado de ver tanta coisa errada sendo praticada no meio do povo de Deus. Ele não compreendia como um Deus justo podia ver as pessoas praticarem maldades com os bons e não castigá-los? E em meio a sua angustiante pergunta Deus responde:
__ Olhem as nações em volta de vocês e fiquem admirados e assustados. Pois o que vou fazer agora é uma coisa em que vocês não acreditariam, mesmo que alguém contasse. Estou atiçando os babilônios, aquele povo cruel e violento, sempre pronto a marchar pelo mundo inteiro, a fim de conquistar as terras dos outros. Eles espalham o medo e o terror e fazem valer as suas próprias ordens e leis. Os seus cavalos são mais rápidos do que os leopardos, são mais ferozes do que os lobos do deserto. Os seus cavaleiros avançam montados; eles vêm correndo de longe, rápidos como a águia quando se joga sobre o animal que ela está caçando. Os soldados avançam, ansiosos para conquistar; conforme avançam, vão espalhando o terror.

Deus responde ao profeta que naquele momento Nabucodonozor está bem próximo de Judá, acabara de conquistar Nínive e não demoraria e iria conquistar também os judeus.
Habacuque ao ouvir isso desesperou-se. A resposta de deus ao invés de acalmá-lo aumentou ainda mais sua angustia e sua mente encheu-se de confusão. E desafaba com Deus:
__ Ó SENHOR, tu escolheste os babilônios e lhes deste forças para nos castigar. Mas como podes tolerar esses traidores, essa gente má? Os teus olhos são puros demais para olhar o mal; tu não suportas ver as pessoas cometendo maldades. Como é, então, que ficas calado quando esses malvados matam pessoas que são melhores do que eles?

Habacuque já havia ouvido falar das atrocidades cometidas pelos caldeus, além do mais não cria no Deus verdadeiro, então como o SENHOR iria usar um povo pior em maldade do que os judeus para puni-los?
E em um suspiro, Habacuque pensa:
__ Será que os babilônios nunca deixarão de lutar e, sem dó nem piedade, continuarão a matar os povos?

A angústia de Habacuque foi tão grande que ele procurou um lugar solitário, em quietude, e ficou esperando a resposta de Deus. Ali ele ficou em silencio, então ouve-se novamente a resposta divina. Deus não repreendeu ao profeta por sua queixa, antes sua resposta é uma das mais grandiosas declarações das Escrituras Sagradas:
__ O justo por sua fidelidade será salvo.

Nessa resposta Deus mostra ao profeta que ELE é Soberano, ELE tem poder para usar a quem quiser e como quiser. ELE usaria o povo caldeu para castigar a impiedade de seu povo, mas que também os caldeus não ficariam imunes, no tempo certo Deus os puniria.

E quanto ao seu povo seriam preservados os justos, todos os que serviam a Deus fielmente seriam guardados, apenas os desobedientes seriam punidos. Mesmo que em meio a conquista dos caldeus algum judeu fiel a Deus fosse levado para a Babilônia, seria guardado e prosperaria lá, fazendo a vontade de Deus (vemos que isso se cumpriu em Daniel, Sadraque, Mesaque, Abdenego, Ester, Neemias, Esdras e muitos outros judeus deportados para a Babilônia).

Habacuque ao ouvir a resposta de Deus, seu coração se eleva em uma oração de agradecimento e louvor ao Deus que tudo pode fazer. Ele se lembra dos grandes milagres que Deus operou em favor de seu povo, seu coração se alegra muitíssimo e cheio de confiança e gratidão ele louva a Deus:
__ Ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não dêem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais, mesmo assim eu darei graças ao SENHOR e louvarei a Deus, o meu Salvador. O SENHOR Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro.

Habacuque agora não tinha mais duvidas. Em Deus ele e seu povo estariam seguro. Não importava as circunstancias que surgisse, Deus os socorreria. Não havia mais temor, só alegria, só confiança no Deus fiel, e em seu amoroso cuidado para com todos os que lhe obedecem.
Deus ama o pecador mas abomina o pecado. Ele também não suporta ver o mal. Em breve, o Senhor virá nos socorrer. Assim como Ele cumpriu sua promessa a Habacuque e socorreu Israel no momento certo, logo, virá em nosso socorro também.


 ESTRATÉGIA: O versículo chave estará em código numérico; cada número corresponde a uma letra do alfabeto.




Os alunos colocarão cada letra em seu respectivo número, e então desvendarão o versículo chava.





sábado, 19 de novembro de 2011


Isaías,o profeta de Jesus
 Objetivo: Explicar que  Isaías foi o profeta que mais falou sobre a vinda de Jesus aqui na terra, milhares de anos antes disso acontecer; Ressaltar que o pecado afasta as pessoas de Deus e que devemos confessar nossos pecados  pedindo para que Deus nos ajude a sermos santos como Ele é santo.
 Versículo para Memorizar: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso ,Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” ( Isaías 9:6)
Leitura Bíblica: Isaías 7.14; 9.6,7; 11.1-7
Crescendo no conhecimento: Isaías era um profeta, e o seu trabalho era contar às pessoas o que Deus disse. As pessoas não queriam sempre saber as palavras de Deus, mas Isaías nunca as ignorava. Isaías pregou durante o reinado de quatro diferentes reis: Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias. Uzias, rei que governava a terra de Judá, na cidade de Jerusalém, foi abençoado, no começo por Deus, mas depois ele se tornou orgulhoso e parou de obedecer a Deus. Por isso, ele se tornou leproso e viveu sozinho até a sua morte. Seu filho Jotão ficou no seu lugar. Deus abençoou Jotão porque ele ouvia o que Deus falava por Isaías e pelos outros profetas. O filho do rei Jotão se chamava Acaz. Acaz não ligou para Deus, ele adorou ídolos e falsos deuses e fez com que o povo de Deus fizesse o mesmo. Isaías o advertiu, Acaz não escutou os avisos de Deus. Ele morreu com apenas 35 anos de idade. Deus abençoou o próximo rei, o rei Ezequias, porque ele removeu todos os ídolos e deuses falsos, e adorou o Deus verdadeiro. Um dia, Isaías teve uma visão, (que é uma espécie de sonho quando você está acordado), e contou ao povo, coisas maravilhosas como sobre uma pessoa que seria um libertador forte e viria para salvá-los do pecado e de todos os inimigos. As pessoas judaicas chamavam essa pessoa de Messias. Apesar de eles estarem esperando Deus enviar o Messias, muitas pessoas viviam como se ele nunca fosse vir. Todas as coisas que Isaías disse sobre o Jesus está escrito na Bíblia e embora Isaías escreveu todas essas coisas centenas de anos antes de Jesus nascer, todas as coisas que ele escreveu vieram a acontecer. Isaías disse que o próprio Deus daria um sinal, ele disse: “Eis que a virgem terá um filho, e ele se chamará Emanuel” (Isaías 7:14, essa profecia foi confirmada em Mateus 1:23) . As pessoas sabiam que Isaías falava sobre o Messias, porque uma mulher não podia ser virgem e ter um filho, e Emanuel significa” Deus conosco”. Isaías disse: “Para nós uma criança nasce, para nós é dado um filho, e o governo estará sobre os seus ombros, seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da paz” (Isaías 9:6, Mateus 2:2). Isaías estava tão certo de que as promessas de Deus se tornariam verdade, que ele falou como se o evento já tivesse acontecido, isso é chamado de profecia. Isaías disse que o Messias seria grande e faria coisas grandes. Deus também disse a Isaías para dizer ao povo que o Messias iria sofrer, ser preso, condenado e levado para ser morto, por causa dos pecados do nosso povo e ser condenado à morte (Isaías 53:8, Marcos 8:31).
Isaías poderia ter imaginado como o Messias poderia ser grande e poderoso e ao mesmo tempo fraco e ferido. Mas Isaías não discutiu com Deus. Ele apenas repetiu o que Deus lhe mandou dizer. O Messias estava chegando e ele viria para abençoar a todos e levar a salvação aos confins da terra.
 Isaías é denominado “Profeta Messiânico”, ou seja o profeta que mais anunciou a vinda do messias, que é Jesus. Através das profecias de Isaías, podemos constatar que Deus escolheu a nação de Israel para abençoar toda a humanidade, porque lá nasceria o Filho de Deus.Isaías profetizou a destruição de vários reinos, e todos eles acabaram. Somente um Reino não terá fim. O reino de Jesus. O Rei dos reis e Senhor dos senhores é eterno. O seu reinado não terá fim, porque será um reino de justiça, paz e amor. Para os reis terrenos, tudo acaba com a morte. Mas a morte de Cristo foi apenas o começo de Sua vitória. Após três dias morto, Jesus ressurge vitorioso e inaugura uma nova fase na história da humanidade.
Estratégia:                        

 Livro sem palavras
 Um certo dia Isaías teve uma linda visão do céu, do Senhor e dos seus anjos. Quando ele teve essa visão ele temeu, por que? Porque ele se achou indigno de estar na presença de Deus.
PÁGINA DOURADA
Esta página dourada nos fala do Céu.  O céu é um lugar de alegria. Ninguém fica doente no Céu. Não há dores, nem sofrimentos, nem tristezas. Melhor ainda, ninguém morre. “E Deus enxugará dos olhos as lágrimas e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor” (Ap 21:4). Deus é santo, puro e sua casa no céu  também é pura.
Somente Deus poderia criar um lugar tão maravilhoso. Você já sabia que Deus o ama tanto que quer que você esteja no Céu com Ele para sempre?  Quando o Senhor Jesus voltou para o céu depois de morrer na cruz e ressuscitar dos mortos, Ele disse que ia preparar um lugar para nós. E Deus quer você lá com Ele para ser feliz eternamente.

PÁGINA PRETA
Mas existe uma coisa que nunca pode entrar no céu,  é o pecado. Isaías vivia no meio de um povo que pecava e não queria se voltar para Deus.
Se a calçada na frente da sua casa fosse de ouro, quanto tempo ela ficaria ali?  Uma noite? “Oh”, você diz, “alguém a roubaria”. Mas não é pecado roubar? Claro que é. E lá no Céu... “Nela nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada...e mentira” (Ap 21:27). Quer dizer que o pecado não poderá entrar no Céu para estragá-lo.
Pense, então: Deus quer que cada um de nós vá para o Céu, mas se há pecado em nossos corações, este nos impede de entrar no Céu.
A página preta representa o pecado em nossos corações, o pecado que nunca poderá entrar no Céu. A Palavra de Deus nos diz que “Todos pecaram” (Rm 3:23). Você também precisa dizer, eu pequei. O pecado nos separa de Deus. Mas, escute... Deus tem Boas Novas para você! Ele tem um remédio que faz possível nos livrar dos pecados! Nós não podemos fazer nada para limpar os nossos corações. Mas Deus pode e o fará...se crermos no Evangelho: “que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Co 15:3-4).

PÁGINA VERMELHA

Isaías profetizou sobre Jesus o Filho de Deus que haveria de vir  ao mundo para nos salvar 
Esta página vermelha representa o precioso sangue do Senhor Jesus Cristo. A Bíblia nos ensina que “o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado” (1 Jo 1:7). Não é maravilhoso saber que Deus não somente nos ama tanto que  nos quer no Céu, mas nos ama tanto que deu Seu único Filho para ser o nosso Salvador e para levar o castigo de nossos pecados? Quando o Senhor Jesus morreu na cruz, Deus pôs sobre Ele os nossos pecados. Assim que diz 2 Co 5:21 “Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que n'Ele fôssemos feitos justiça de Deus”.
Depois de morrer em nosso lugar, Jesus foi sepultado, e ao terceiro dia ressuscitou! Viveu novamente! Jesus está vivo! E porque Ele vive, Ele pode vir morar em nossos corações. Ele diz agora: “Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa” (Ap 3:20). Quando convidamos o Senhor Jesus a entrar em nossos corações e ficar para nos salvar do pecado, Ele entra e fica. Agora, por causa do que Jesus fez por você e por mim, nossos pecados podem ser perdoados.  

PÁGINA BRANCA

A morte de Cristo foi apenas o começo da nossa vitória. Após três dias morto, Jesus ressurge vitorioso e inaugura uma nova fase na história da humanidade.
A página branca representa o coração limpo, que  Jesus já purificou através do seu sangue vertido na cruz do calvário . Sabe quão branco ele faz o coração que O recebe? Tão  branquinho como a neve? Não!  Mais branco do que a neve! A Bíblia diz, “Lava-me, e ficarei mais alvo que a neve” (Sl 51:7b).
Você não gostaria de ter o seu coração tão limpinho assim?  Deus quer perdoar os seus pecados e purificar o seu coração, e assim Ele fará no momento que você receber Jesus como seu Salvador. Jesus já morreu em seu lugar; ele quer ser o seu Salvador; quer lhe dar a vida eterna... Vida eterna no Céu.
Jesus está batendo à porta do seu coração. Você precisa abrir a porta e deixá-lO entrar. Não quer fazer isso agora mesmo? Então, abaixe agora a sua cabeça e peça ao Senhor Jesus que entre em seu coração. Peça para Ele ser o seu Salvador.
A salvação é um presente. Como fazemos ao receber um presente? Agradecemos, não é? Então, diga “muito obrigado” agora mesmo a Deus, o Pai. Agradeça a Deus por ter enviado o Senhor Jesus para morrer em seu lugar. Agradeça que Ele agora o salvou e perdoou seus pecados. Agradeça que Ele lhe deu agora a vida eterna. Aceite verdadeiramente a Cristo. Recomece sua vida com Ele; quando você se torna filho de Deus, Ele quer que você o conheça melhor.   

PÁGINA VERDE

A cor verde nos lembra coisa que crescem, florescem, agora que você crê no Senhor Jesus, você deve crescer  Nele.
A página verde nos fala da nova vida que recebemos quando aceitamos o Senhor Jesus com Salvador.
Quais são as coisas verdes que existem na natureza? Sim, as ervas, as árvores,  o gramado e as plantas em geral. E todas são coisas que têm vida. Vamos ler mais um versículo da Bíblia. É João 3:36 “Quem crê no filho tem a vida eterna”. Você agora crê no Senhor Jesus como Salvador e Senhor da sua vida (dono)? Então, este versículo fala de você. Diz que você tem o quê? Exatamente, você tem a vida eterna - o tipo de vida que precisamos ter para poder entrar no Céu.
E, agora, esta nova vida precisa ser alimentada pela leitura da Palavra de Deus  (2 Pe 3:18), e pela oração. Assim você irá crescendo espiritualmente na vida cristã, obedecendo e agradando ao Senhor Jesus na sua vida diária,  aprendendo mais sobre a boa e perfeita vontade de Deus para que levemos a palavra de Deus a tantos quantos pudermos alcançar para morar no  céu .

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

JONAS O PROFETA DO ARREPENDIMENTO

JONAS O PROFETA DO ARREPENDIMENTO

Texto Bíblico: Jonas caps. 1-3

Objetivo: conscientizar o aluno de que a desobediência sempre traz consequências ruins para o desobediente. 
Exercitando a memória


“E assim como muitos seres humanos se tornaram pecadores por causa da desobediência de um só homem, assim também muitos serão aceitos por Deus por causa da obediência de um só homem. (Rm 5.19 – NTLH).

     hoje iremos conhecer o profeta Jonas. Ele era filho de Amitai, da tribo de Zebulom, e natural de Gate- Hefer, um vilarejo situado a 5 Km em direção nordeste de Nazaré, no reino do Norte. O nome Jonas significa “pomba” ou “pombo”. Quanto ao caráter Jonas é apresentado como obstinado, irritado, mau humorado, impaciente etc. Jonas exerceu o ministério durante o reinado de Jeroboão II (784-748 a.C.). O autor do Livro de Reis menciona o ministério profético do profeta Jonas nesta época:
“Restabeleceu ele (Jeroboão II) os limites de Israel, desde a entrada de Hamate até ao mar da Planície, segundo a palavra do SENHOR, Deus de Israel, a qual falara por intermédio de seu servo Jonas, filho de Amitai, o profeta, o qual era de Gate-Hefer”. (2 Re 14.25- ARA)
Deus mandou Jonas para Nínive, ele não disse não para Deus,
mas também não foi para Nínive, simplesmente desobedeceu.

O Livro de Jonas se inicia com a ordem de Deus:



“E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo:
Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim.” (Jn 1.1) .
   Mas, o profeta Jonas ao ouvir a ordem de Deus, decidiu não ir, pois ele achava que Deus devia destruir os ninivitas, e decidiu fugir para outra cidade. E, ao invés de ir para Ninive, tomou um navio para Tarsis, um lugar muito distante de onde Deus o havia enviado.
       Jonas no seu indiferentismo, inicia a perigosa tragetória da desobediencia, e como Deus tem o Controle de tudo o que acontece no Universo, Ele enviou uma tempestade tão grande, que as ondas ameaçavam e afundar o navio. Através da tempestade Deus queria falar ao seu servo, levando-o de volta ao caminho da obediencia.
     E em meio a tempestade, Jonas dormia.Tranquilo! Despreocupado! Mas... foi descoberto. E após se identificar como profeta do “...SENHOR, o Deus do céu, que fez o mar e a terra seca” (Jn 1.9), aqueles marinheiros se encheram de temor, e quando perguntaram a Jonas o que fariam, sua resposta foi que o lançasse ao mar. Jonas preferia morrer que anunciar a mensagem de Deus.

E assim fizeram:
E levantaram Jonas e o lançaram ao mar;




Temeram, pois, estes homens ao SENHOR com grande temor; e ofereceram sacrifícios ao SENHOR e fizeram votos e cessou o mar da sua fúria.
Preparou, pois, o SENHOR um grande peixe, para que tragasse a Jonas

Três dias e três noites dentro de um grande peixe?

Devemos nos lembrar que, quando somos desobedientes, muitas vezes prejudicamos pessoas que não tem nada a ver com o nosso problema, veja só o caso de Jonas, por causa de sua desobediencia, Deus precisou usar um grande peixe, Deus estava realizando mais um milagre em demonstração do seu amor a humanidade.
“E orou Jonas ao SENHOR, seu Deus, das entranhas do peixe.” (Jn 2.1-9) E fez voto de obedecer a Deus indo a Ninive.


I – Jonas Desceu para Jope
Deus escolheu para nós um caminho melhor, mas não nos obriga a seguir por ele e nem nos isenta da tempestade.
*Adão e Eva. *Esposa de Ló. *Ananias e Safira. *Davi. *Os apóstolos.
Pedro e os apóstolos foram convidados a serem pescadores de homens , no entanto , depois da morte de Jesus voltaram aos antigos afazeres e a experiência foi desastrosa. Fracasso uma noite de trabalho e nada de peixe...
E como um abismo chama outro abismo .

II – Jonas Desceu ao navio

Quantos de nós estamos na mesma situação? Tomando o navio para Tárcis ?
Certamente experimentaremos as mais terríveis tempestades.
Deus nos manda ama-lo sobre todas as coisas .
Quantos de nós temos invertido as coisas ?
Eu sobre todas as coisas e Deus como ao próximo ?

- Eu - Dinheiro - Amigos - Família
-Amar a Deus sobre todas as coisas é mandamento Bíblico (Mateus 22.37).
-O amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal (I Timóteo 6.10).
- A amizade do mundo é inimizade contra Deus (Tiago 4.4).
- Honrar pai e mãe é mandamento como promessa. (Deuteronômio 5.16)


placas da desobediência
Rasgue a passagem de ida para Jope e volte enquanto é tempo.


III – Jonas Desceu para o porão

E ali dormia o sono da :

- desobediência (Efésios 2.2)
- indiferença (Lucas 12.37)
- irresponsabilidade (Lucas 12.46)
- conformismo (Romanos 12.2)
- omissão (Miquéias 6.8)

Quantos de nós não estamos dormindo o sono da desobediência? aparentemente está tudo bem.

VI – Desceu ao fundo do mar

As três primeiras descidas foram espontâneas, voluntárias.
 quarta porem já e conseqüência das primeiras.
O que tem isso a ver comigo?
Não sei se sua vida esta descendo.
Você tem obedecido a Deus ?
 Ou tem descido a Jope, ao navio, ao porão, ao fundo do mar ?
Se você esta descendo para Jope dê meia volta e volte para Tarcis.
Se você já desceu a Jope e está preste a embarcar no navio, rasgue a passagem e volte a Társis.
Se você já desceu a Jope ,e o navio ,e já está no porão, já não dá mais para voltar , certamente será provado. Quem é você ? Qual é o seu Deus ?
• Jonas não negou
• Reconheceu ser sua a culpa.
• Deu um grande testemunho.

Deus teve misericórdia dele, ouviu sua oração e ele foi abençoado.
“Falou, pois, o SENHOR ao peixe, e ele vomitou a Jonas na terra.” (Jn 2.10)
Mais uma vez Deus ordenou que Jonas fosse à grande cidade de Nínive e anunciasse ao povo de lá que: "Daqui há quarenta dias Nínive será destruida!"
 Os moradores e o rei de Nínive se arrependeram, e o Senhor lhes perdoou e decidiu não mais castigá-los como havia prometido.Jonas por sua vez, aprendeu que é necessário obedecer a Deus, pois a desobediência pode nos custar muito caro.   

p.s.: Encontrei esse texto no sitio: http://WWW.sermao.com.br/sermões. e acrescentei alguns texto bíblicos para trabalhar as referencias com os alunos, com o objetivo de incentivá-los a leitura e consulta à Bíblia.







domingo, 6 de novembro de 2011

ELISEU O PROFETA QUE DEFENDEU SEU PAIS


Eliseu ora para que Deus abrisse os olhos do rapaz para que ele visse o monte cercado de cavalos e carros de fogo. Eram os anjos de Deus, prontos para defendê-los de todos os inimigos.

Texto Bíblico: 2 Reis 6.8-23



 Eliseu teve um ministério extremamente eficaz em toda a nação de Israel como em outras nações. Hoje veremos acontecimentos que envolvem o rei da Síria.
Deus sempre procura servos fiéis que se posicionem afim de que, o Nome DELE seja glorificado.

Objetivo

 conduzir os alunos a confiarem que Deus sempre está a nos proteger. Não importa dificuldade que venha  nos afligir, ELE sempre  está conosco e nos salvará.




Exercitando a memória


“Deus mandará que os anjos Dele cuidem de você para protegê-lo aonde quer que você for.” (Sl 91.11 – NTLH).

Deus sempre está a nos proteger. Lemos nas Escrituras que uma das funções dos anjos é proteger os servos de Deus. Os anjos são mensageiros de Deus, logo também nos transmitem suas ordens. Eles não ficam visíveis, a não ser em ocasiões que seja necessário, eles sempre cumprem fielmente as ordens de Deus.

Crescendo no conhecimento


Hoje continuaremos aprendendo sobre o profeta Eliseu, lembram-se dos milagres que Deus realizou através dele: Isso mesmo, água foi purificada, veneno foi tirado de um cozido, pães foram multiplicado e muitos comeram. Que coisas maravilhosas aconteceram, não é mesmo?
Nos dias do profeta Eliseu, houve guerra intermitente entre Israel e a Síria. O rei da Síria se chamava Ben-Hadade e planejou várias emboscadas para apanhar o rei de Israel. Mas o profeta Eliseu mandou um recado ao rei de Israel, avisando-lhe que não fosse para perto daquele lugar, pois os sírios estavam ali esperando escondidos para atacá-lo.

Então o rei de Israel avisou os homens que moravam naquele lugar, e eles ficaram alerta. Isso aconteceu várias vezes. O rei da Síria ficou muito aborrecido; então chamou os seus oficiais e lhes perguntou:

— Qual de vocês está do lado do rei de Israel?

Um deles respondeu:

— Nenhum de nós, ó rei. O profeta Eliseu é quem conta ao rei de Israel tudo o que o senhor fala até mesmo dentro do seu próprio quarto.

Então o rei ordenou:

— Descubram onde ele está, que eu o prenderei.

Contaram-lhe que Eliseu estava em Dotã, e ele mandou para lá uma grande tropa de soldados com cavalos e carros de guerra. Os soldados sírios chegaram de noite à cidade e em silêncio cercaram toda a cidade.

No dia seguinte cedinho, o empregado de Eliseu levantou-se e saiu de casa para apanhar água. Então ele viu as tropas sírias com os seus cavalos e carros de guerra, cercando a cidade. Geazi tomou um susto!!!

Voltou correndo e entrou em casa gritando para Eliseu:

— Senhor, nós estamos perdidos! O que vamos fazer?

Mas, Eliseu já sabia o que estava acontecendo e disse:

— Não tenha medo, pois aqueles que estão conosco são mais numerosos do que os que estão com eles.

Então Eliseu orou assim:

— Ó SENHOR Deus, abre os olhos do meu empregado e deixa que ele veja!

Geazi não entendeu nada e pensou: “como que eu veja? Eu não sou cego!”

Deus respondeu à oração de Eliseu e fez com que Geazi visse algo que ele nunca imaginou ver, ele viu que ao redor dele e de Eliseu o morro estava coberto de cavalos e carros de fogo, eram anjos que vieram para protegê-los.

Quando os sírios viram Eliseu atacaram, mas Eliseu não estava com medo e orou assim:

— Ó SENHOR Deus, faze com que esses homens fiquem cegos!

Deus respondeu à oração de Eliseu e fez com que os soldados sírios ficassem cegos.

Então Eliseu foi falar com eles e disse:

— Vocês estão no caminho errado; esta cidade não é a que estão procurando. Venham comigo, que eu vou levar vocês até o homem que estão procurando.

E os guiou até a cidade de Samaria, onde todos os soldados israelitas estavam.

Logo que chegaram lá, Eliseu orou assim:

— Ó SENHOR Deus, abre os olhos deles e deixa que eles vejam.

Então Deus fez com que os sírios enxergassem de novo, e eles viram que estavam dentro da cidade de Samaria, cercados pelos soldados israelitas, que imediatamente os prenderam.

Então o rei de Israel, perguntou a Eliseu:

— Devo matá-los, senhor? Devo matá-los?

Mas Eliseu respondeu veemente:

—Não! De jeito nenhum! Por acaso, o senhor mata os soldados que são feitos prisioneiros na guerra? Dê de comer e de beber a estes aqui e deixe que voltem para o rei deles.
Então o rei de Israel mandou fazer uma grande festa para aqueles sírios. E, depois que comeram e beberam, ele os mandou de volta para o rei da Síria são e salvos. E todos aqueles soldados e muitas pessoas na Síria creram no Deus de Israel, um Deus poderoso que realiza milagres e ainda cuida do seu povo. Daí em diante os sírios pararam de atacar a terra de Israel.







DINÂMICA: FÉ

Objetivo: compreender que Deus recompensa a fé do cristão e que sua atitude de confiança
inabalável fortalece a vida de muitas pessoas.

Material: cinco metros de fio de nailon, moldes de pés feitos em cartolina ou papel cartão, caneta, fita adesiva.

Procedimento: começe a dinâmica distribuindo os desenhos dos pés. Depois peça que cada um escreva neles uma necessidade e os passos que precisam dar para alcançar uma promessa feita por Deus ou conquistar alvos na vida cristã. Depois que todos escreverem, com o pedaço de fita adesiva, fixe os desenhos dos pés na estrada invisivel ( o fio de nailon) e estique bem o fio. De longe só vai aparecer os pés.
     Termine falando que as pessoas da Bíblia não eram grandes por sua capacidade ou poder. Elas simplismente eram importantes porque tinham fé em um grande Deus. Elas caminhavam na estrada invisível da fé (Hb 11.6).
Fonte: Revista Ensinador cristão ano 6 nº 23 Julho/Agosto?Setembro-2005.   

   



ELISEU O PROFETA DOS MILAGRES


Eliseu retira o veneno da panela usando um pouco de farinha (II Reis 4.38-41)
Texto Bíblico: 2 Reis 4.38-44

A Bíblia registra dezoito encontros de Eliseu com pessoas necessitadas, a todas Eliseu lhes apresentou um Deus que age em favor do bem estar daqueles que O buscam, mostrando ao povo que tudo o que somos e o que temos provem de Deus. Os milagres que aconteceram durante o ministério do profeta Eliseu resultaram em colocar as pessoas em contato com o Deus Vivo, levando a reconhecer e a adorá-Lo como o Todo-Poderoso.


Vejamos alguns detalhes de seu ministério:

• Seu ministério durou mais de cinquenta anos;

• Seu ministério alcançou quatro nações: Israel, Judá, Moabe e a Síria;

• Foi um homem integro que jamais aceitou paga pelos seus feitos;

• Realizou muitos milagres para ajudar aos necessitados.

Através de Eliseu aprendemos servir a Deus requer mais do que meras orações ou palavras, mas sim a disposição de auxiliar aos necessitados, ajudar aos contristados, levado-lhes esperança, apresentando-lhes um Deus que tudo pode fazer.

Teremos duas lições para discorrer sobre este eficiente substituto do profeta Elias.

Deus continue a abençoar o seu ministério. Boa aula!



Objetivo: Demonstrar que Deus pode nos livrar de qualquer situação; explicar que Deus usa instrumentos para a realização de sua obra.

Exercitando a memória

“Os bons passam por muitas aflições, mas o SENHOR os livra de todas elas.” (Sl 34.19 – NTLH).

Ao nos depararmos com duras e tristes realidades, devemos confiar no SENHOR. ELE tem poder para nos livrar quando e como ELE quiser. Devemos depositar toda a nossa confiança e esperança NELE. Sem temor, sem dúvidas, pois ELE é fiel para com os Seus.




Fazia muito tempo que não chovia por ali e tudo estava ficando muito seco: a terra já não produzia frutas nem legumes e não havia quase que nada pra comer. Certo dia, Eliseu pediu a Geazi, um dos rapazes, para fazer uma sopa, então apanhou uma planta diferente, que ele não conhecia, e preparou com ela uma sopa. Quando todos já estavam comendo, alguém gritou: “morte na panela…!”. A planta era venenosa. Será que os que experimentaram iriam morrer? Na mesma hora, Eliseu misturou farinha na sopa, e já não havia mais perigo. Todos puderam comer. Esse foi mais um milagre que Eliseu realizou.





ALEGORIA DAS FERRAMENTAS
Há muito tempo atrás, em uma carpintaria, quando todo o trabalho havia acabado, as ferramentas começaram a conversar entre si. Elas discutiam para saber qual delas era a mais importante para o carpinteiro.



O Sr Martelo começou: Certamente que sou Eu o mais importante para o carpinteiro! Sem mim os movéis não ficaram de pé!, pois eu tenho que martelar os pregos!



O Sr. Serrote logo quis dar a sua opinião: Você Sr martelo? Você não pode ser! Seu barulho é horrível! É ensurdecedor ficar ouvindo toc, toc, toc... O mais importante sou Eu! O serrote! Sem mim, como o carpinteiro serra a madeira? Eu sou o melhor!



Não, não, não! Falou a dona Lixa: Eu sim sou a melhor! Se não fosse Eu os movéis não seriam tão lisinhos e perfeitos! Eu sou a mais importante!



Ah! mais não é mesmo! disse a dona Plaina: Eu é quem deixo tudo retinho, e tiro as imperfeições da madeira. Eu sim sou a indispensável...



Tsc, tsc, tsc... Nada disso, disse a dona Chave de Fenda: Se não fosse Eu, como o carpinteiro iria apertar os parafusos? EU sim sou a melhor!

Ah! não ! Que absurdo! disse o Sr Esquadro: Eu sou o mais importante! Sem mim os movéis ficariam tortos! O carpinteiro nem saberia a medida. EU sou o mais importante!

As ferramentas ficaram discutindo até o dia amanhecer...

O carpinteiro chegou para trabalhar, colocou sobre a mesa a planta de um movél e começou a trabalhar!

Ele usou todas as ferramentas. Usou o serrote, o martelo, o esquadro, a lixa, a plaina, os pregos, o martelo, a chave de fenda, a cola e o verniz para deixar o movél brilhando....

Enfim ele acabou. Chegou o fim do dia o carpinteiro estava cansado, mas feliz com o que tinha feito! Seu trabalho com as ferramentas tinha ficado ótimo!

O carpinteiro foi para casa. Enfim, as ferramentas voltaram a conversar. Só que agora elas ficaram admirando o que tinham feito todas juntas e o carpinteiro. Sabe o que elas fizeram? Um púlpito de uma igreja! E tinha ficado lindo!

Elas chegaram a uma conclusão: Todas eram importantes!! Aos olhos do carpinteiro. Ele usou todas! Sem exceção de nenhuma! E o movél tinha ficado lindo!

Elas descobriram que quando todas trabalham juntas tudo anda melhor!!

************************************************

(Moral da história)

O carpinteiro representa JESUS,as ferramentas representam os membros, ou crianças.

Cada um de nós tem um valor importante no reino e na obra de DEUS. É ele quem nós usa e capacita para fazermos a sua obra. Cabe a nós como ferramentas nos deixar ser usados. (você professor pode colocar a moral que vc achar que se encaixa melhor para a sua turma).

P.S. : Encontrei essa dinâmica no sitio: htpp://WWW.estrel.damanha.blogspot.com; a imagem encontrei no sitio de: http://paulabelquice.blogspot.com/
Imagens dos visuais CPAD classe Juniores.